Foto 2 – Bolha de sabão – Iara Toninandel
clique na imagem para aumentar

Foto 2 – Bolha de sabão – Iara Toninandel

Marcel Souza

A nossa Redenção

“Atravessa a Osvaldo Aranha, Entra no Parque Farroupilha” Frank Jorge e Marcelo Birck Durante dois ou três anos da minha

Tetê Lopes

Ser ou não ser

Envelhecer acontece de súbito. Não, claro que não é bem assim. Mas a gente vai vivendo, sabendo que o tempo

Karlene Bianca

Mirabolhação

Manuela estava ansiosa: rapidamente arrumava suas coisas tentando não esquecer de nada. Cobertor, blusa, meia, colchonete, cristais – conferiu tudo

Rubem Penz

O que não nos disseram

Há algo que não nos disseram antes de virarmos pais: que, para nós, os filhos teriam todas as idades ao

Ananyr Porto Fajardo

Onde estão nossas crianças?

Crianças, pitocos, guris, piás, todos longe da escola por um ano e meio. E pior, longe uns dos outros! Enfiados

Eugênia Câmara

Perfume de uma alma perdida

Na bolha de sabão guardei meus sentimentos. Na bolha de sabão deixei minhas dores. Na bolha de sabão depositei minhas

Greta Guimaraes

Espelho, espelho meu

Sempre gostei de ver fotos desde tenra idade. Meu divertimento favorito. Viajar de volta ao passado, lembrar de coisas importantes

Altino Mayrink

As dobras do vento

Sou um livre pensador. Essa característica me permite andar pela vida sem prestar atenção em nada. Ao mesmo tempo me

Giancarlo Carvalho

Sonho ou bolha de sabão

Calçadas de pedrinha, corpos, sorrisos e poses, movimento de passos preguiçosos, de passeio e dança, de frevo e sombrinhas sob

Regina Starosta

Sonhar

Sinto que estou acordando; recuso-me a abrir os olhos. Quero prolongar por mais tempo esse sonho, mas não consigo. Nunca

Cris Vazquez

A menina e o parque

O carrinho rodava no trilho circular e a menina girava a direção, dominando a técnica. Ela queria ser grande, mas

Graciella Tomé

Uma baleia me faz voar

Não existe nada que me emocione mais que os saltos das baleias do bailado emerge um poder de força de

Iara Tonidandel

O que cabe num balão

Fim do show. Não! Severino Dias de Oliveira, Mestre Sivuca, puxando sua sanfona, saiu do palco e convidou o público

Luca Boaz

Trilhas

Já trilhei muito. Estradas, ruelas, faixas de chão batido. Há dias em que avanço quilômetros. Em outros, nem tanto. De

Linda Grossi

Quisera tanto

Abrir os olhos, para te ver nascendo para o mundo. Cantar como os sabiás, para que acordes com alegres melodias

Noara Lisboa

Ação Rua

Vitória pulou da cama excitada com a expectativa do passeio de domingo. Encontrou sua mãe preparando o café, o seu

Fernanda Cunha Quadros

Ohana

Era uma vez uma menina que não podia ter cães. Mas não eram apenas os cães que lhe faziam falta.

Ana Luiza Rizzo

Assopros perfeitos

Volto a ser pequena, vestida com alguma peça rosa-choque. Ainda não se usava gelatina, glicerina e açúcar, ingredientes que hoje

Ana Cristina Rodrigues Guimarães

Ciranda de sabão

Quem vem lá, quem vem lá, tão longe, tão longe? É a criança brincando com bolinhas de sabão. Lá vem

Kátia Madruga

Encontro ilustrado

A menina solta bolhas de sabão no parque. Por meio do arco-íris que se forma, ela vê três senhores conversando

Caroline Anversa

Composição

Eu engoli uma bolha. Juro. Uma bolha de sabão que eu guardava no bolso da calça do uniforme da escola.

Soraia Schmidt

Partitura

Parque dos domingos Parque de todos os dias dos mendigos, dos abandonados das famílias, dos namorados, dos descasados dos velhos,

Rolar para cima