Minha rua de águas rosadas

Na minha rua

de águas rosadas

as árvores

pulam estrelinha

carruagens se dobram de rir

gente de costas

de pernas pra cima

crianças jogam

de quem se esconde

de quem de verso aparece

e grilos no rosa anunciam

vai ter baile!

promove a corte

pois rosa céu

rosa chão

pede música a bailar

comecem as sinfonias

baile aberto ao povo

não restrito

aos poucos de coroas

janelas e portas asseadas

retocados os vitrais

brilhantes as maçanetas

de portas e janelas

e brilho nas pratarias

festejos de chão cor de rosa

irão começar

céu cor de rosa

árvores que brincam

de plantar bananeira

e a fantástica casa rosa

seus largos passeios

ofertam uma dança

a corte se dobra

em sintonia as estrelas

venham todos

temos festa

a cidade não se rendeu

e de mantos

de um único cor de rosa

se coloriu

para seu aniversário

memorar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima