Luz, câmera e ação!

O entardecer chega e a noite começa a surgir. As luzes da cidade são acesas, enquanto as estrelas aguardam o céu escuro para brilhar. A lua também espera por sua vez para poder dourar a escuridão.

Desço o meu olhar para as avenidas ofuscadas pelos faróis. Os verdes dos gramados e das árvores mudam de tonalidade. As construções e monumentos ficam mais imponentes. A capital dos pampas ferve, seus prédios iluminam o breu das ruas. O vai e vem dos carros com seus motores barulhentos e luzes coloridas entorpecem minha visão, deixando-me extasiada.

É sexta-feira. A loucura, o corre-corre e a iluminação que vejo parecem uma festa para celebrar o final de uma semana e o início de um relaxante descanso. A pressa aumenta à medida que se avança em direção as casas e bares da vida. As obrigações do trabalho com seus afazeres rotineiros e cansativos vão ficando para trás. Frustrações, angústias e dores momentaneamente esquecidas.

As pessoas voam em pensamentos, planos e desejos. A ansiedade é enorme, afinal, a noite está apenas começando. Não é hora de tristeza.

A beleza do colorido desse instante com seus diversos raios de luz que emanam de todos os cantos, dá um toque de esperança para a vida que segue.

A energia grandiosa e contagiante toma conta de mim. Hoje não vou chorar. Quero a alegria de me reencontrar com a família e com os amigos. Quero abraçar e beijar cada um de meus queridos e amados. Quero poder conversar e brincar. Quero beber um chope gelado e brindar. Quero achar a lua escondida no meu coração e abrir um largo sorriso. Agradecer!

Compartilhe!

gostou? comente!

Rolar para cima