Garrido

Céu azul anil

Olhar além do tempo

Cobre a coxilha troteando

Vislumbra o entardecer

No lombo do cavalo

À procura do bezerro fujão

Laço amarrado no estribo

Lenço vermelho no pescoço

Maragato

Ancestralidade

Gumercindo Saraiva

Avista, lá, logo ali, a galope

Laçou

Bravo e avante

Compartilhe!

gostou? comente!

Rolar para cima