Abraço das águas

O convite para fazer o passeio de barco pelo Guaíba chegou de última hora.

Vocês estão convidados para nos acompanhar amanhã até Itapuã. Partimos às 9 hrs.

Ficamos contentes com a possibilidade. Era primeira vez que iríamos até lá. Fomos até a marina no bairro Tristeza, onde encontramos o casal de amigos velejadores. Entramos no barco a vela e partimos.

Por seis horas, observamos Porto Alegre e seus entornos. Uma outra cidade vista a partir da água. O vento tranquilo, o céu azul, a temperatura agradável e a boa conversa tornaram a experiência muito especial.

Em alguns momentos, em que observava a bela paisagem, viajei na viagem. Comecei a pensar nos tropeiros, povos indígenas, negros e açorianos que contribuíram para a povoação da região. Imaginei o que teriam encontrado. Seguramente um espaço mais selvagem, com outros desafios e com distintas belezas humanas e naturais.

Já havia feito passeios curtos pelas águas que abraçam a capital gaúcha, e a oportunidade de observá-la por mais tempo a partir do veleiro me deixou com gosto de acolhimento. Agora, quero mais.

Compartilhe!

gostou? comente!

Rolar para cima