Xamã

Não, não sou uma mulher, sou uma árvore

Não, não sou uma árvore, sou um rio

Não, não sou um rio, sou um pássaro

Não, não sou um pássaro, sou uma pedra

Não, não sou uma pedra, sou um fruto

Não, não sou um fruto, sou uma lagarta

Não, não sou uma lagarta, sou esterco

Não, não sou esterco, sou seiva

Não, não sou seiva, sou argila

Não, não sou argila, sou uma onça

Não, não sou uma onça, sou vermes

Não, não sou vermes, sou o nascer do sol

Não, não sou o nascer do sol, semente sou

Não, não sou semente, sou chama

E quem vem a mim, a mim chama

Xamã

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima