Soraia Schmidt em foto de Mau Saldanha

Um lugar para estar

Soraia Schmidt

Olhos doces

Bochechas macias

Cabelo cacheado de anjo.

Soltos. Livres.

Ambos, adulto e criança.

Quem ja teve um colo de ombro assim, sabe.

Sabe da alegria e satisfação. Da felicidade simples, inteira.

Da segurança, da sustentação, da confiança. Da liberdade.

Sabe do amor, da amizade. Dar sem esperar nada em troca.

Se foi colo de ombro de pai, então, melhor ainda. Tem tempero especial. Iguaria.

Especial também pra quem dá. Pois quem se entrega assim, despojado e por completo, também recebe. Sentimentos de dupla via. Vão e vem, perpassando, interligando.

Mergulham pro nosso dentro.

Nos dão existência, solidez, chão, fio terra.

Cimentam alicerces, despesam a alma.

Felicidade plena não existe. Nem para sempre.

Mas quem teve a sorte de ter sido carregado assim, elevado nas alturas, nas asas abertas de um ombro amigo, teve muito mais que um colo…

Terá para sempre, um lugar para estar.

Dentro de si.

Facebook Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima