Tetê Lopes em foto de Gutemberg Ostemberg

Diversidades

Tetê Lopes

 

Lembrei hoje que Darcy Ribeiro, numa entrevista em que relatava uma visita à Suécia, declarou que, nas ruas e nos bares, entediava-se ao ver aquelas pessoas todas brancas, bonitas, louras. “Tudo igualzinho”, disse ele. Sentia-se abençoado por viver no Brasil, onde, ao sentar-se numa mesa de bar, podia dedicar horas a observar gentes tão dessemelhantes em tom de pele, nos cabelos, na cor dos olhos, um espetáculo de diversidades ali ao dispor do seu olhar amplo.

Em contraposição, recordei-me de um fato que me ocorreu esses tempos, no supermercado. Uma mulher pediu-me informações sobre a qualidade do papel higiênico exposto nas prateleiras. Estava acostumada a comprar o papel de tipo macio, mas agora queria saber sobre marcas mais baratas, pois a compra se destinava a suprir o banheiro de sua empregada doméstica. Vivendo e aprendendo: a pele das partes íntimas de patroa e criada são diferentes!

Essas percepções distintas sobre o outro – uma amável, acolhedora; outra, adversa, discriminatória – expõem, a meu ver, conceitos de vida antagônicos. Um observa o diferente e o vê como igual; outra observa o igual e o considera diferente.

Sei que o homem é um ser frágil, que necessita de aceitação, e para obter esse acolhimento submete-se, por vezes, a um padrão de comportamento que o faz valorizar apenas o seu próprio grupo. Mas reconhecer-se como pertencente a um grupo não deveria ter como consequência o ódio ou o desrespeito aos outros.

Infelizmente, em nossos dias, parece estar em curso uma valorização dos sentimentos de ira e de uma ardilosa autoproteção que embota o olhar mais receptivo aos semelhantes. Sem dúvida, essa não é a melhor alternativa para vivermos em harmonia, pois nos leva a esquecer que o outro também somos nós.

Ao olharmos para balões coloridos no céu, podemos notar apenas balões que embelezam o cenário. Mas, se contemplarmos com maior atenção, ficará evidente que a beleza da imagem é produzida por balões de variados coloridos, tamanhos e formas. E isso justamente é o que constrói um conjunto harmonioso e atrativo.

Facebook Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima