Rubem Penz em foto de Gutemberg Ostemberg

Balões de ensaio

Rubem Penz

Balões são barcos a singrar nuvens.

***

Sobre balões, tenho a dizer que conheço eles apenas por alto…

***

Veja um balão deitado ao solo e acompanhe o processo de enchê-lo. Ou há algo de muito fálico no processo, ou realmente sou um homem perturbado.

***

Diz o ditado: saco vazio não para em pé. Adapto por minha conta, e arrisco: balão vazio não para em pés!

***

Lembro de, na infância, termos construído um balão com panelinha de brinquedo, cordões e rede de vender maçãs. Não recordo se voou. Isso importa?

***

Quem vê um balão e não se recorda de Peter Potamus e Tico Mico? Respondo: absolutamente todos com menos de 45 anos de idade…

***

Peter Potamus era um hipopótamo que voava num balão. Hipopótamo! É inegável a magistral capacidade dos criadores de desenhos animados de determinada época em apostar em nonsense e ironia.

Facebook Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima