Ângela Puccinelli em foto de Mau Saldanha

Conversando com meus pedais

Ângela Puccinelli

Como teria sido minha vida se eu tivesse ficado na roça?

Se tivesse casado com Mariana, tão linda, tão doce; eu teria sido feliz?

Eu sempre quis fazer do meu jeito. Vim pra cidade.

Fui pedreiro, serralheiro, ajudante, coveiro. Aposentei.

Casei. Procriei. Enviuvei.

E não sobrou nada de mim. Só saudade.

Saudade de Mariana, que nunca beijei.

Saudade de meu pai, que nunca ouvi.

Saudade de mamãe. Ah, saudade do cheiro da comida de mamãe.

Saudade do latido de Tarzan.

Todo fim de tarde venho sentar neste mesmo banco, neste mesmo parque.

Parece que estou mesmo no fim da vida.

Tudo o que consigo pensar é “como teria sido?”.

Facebook Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima